Prótese total imediata bimaxilar: caso clínico

Thomaz Willy Hespanhol, Ana Paula Terossi de Godoi, William Custodio, Vinicius Cappo Bianco

Resumo


O objeitvo desse trabalho foi demonstrar as etapas do tratamento clínico com próteses totais imediatas bimaxilares. Uma paciente da Clínica Odontológica Integrada de Uniararas que apresentava indicações para o tratamento com próteses totais imediatas foi selecionada. O exame clínico consistiu em anamnese, exame físico e avaliação radiográfica. Durante a anamnese, a paciente não relatou doenças sistêmicas. No exame físico intraoral foi notado colapso oclusal associado à doença periodontal. Além disso, o exame físico extraoral revelou diminuição da dimensão vertical oclusal e perda fisionômica estética devido à vestibularização dos incisivos maxilares. O exame radiográfico periapical intraoral mostrou perda óssea generalizada. O plano de tratamento consistiu na moldagem inicial para a construção de moldeiras individuais superiores e inferiores. Após a moldagem funcional, os planos de orientação parciais foram utilizados para o registro da relação maxilar e a cor do dente foi selecionada. Posteriormente, realizou-se a prova funcional e estética das próteses e depois seu procedimento de acrilização. Assim, as próteses completas foram colocadas imediatamente após a remoção dos dentes naturais remanescentes. A paciente foi submetida a controles até o ajuste final dos aparelhos. Conclui-se que os passos clínicos para a construção de dentaduras completas imediatas devem ser respeitados e etapas como as moldagens finais e a prova funcional e estética não devem ser suprimidas. Esta observância aumenta a previsibilidade estética e funcional dos aparelhos protéticos.


Texto completo:

PDF