MARKETING CULTURAL E A LEI DE INCENTIVO À CULTURA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Mônica Neri

Resumo


Marketing é o compromisso da empresa com o conceito consagrado pelo tempo na teoria econômica e conhecido como a soberania do consumidor. Um de seus eixos, o marketing cultural é uma ferramenta de comunicação que utiliza recursos para projetar a imagem de uma empresa ou entidade, por meio de ações culturais. O marketing cultural ganhou fôlego novo no Brasil em 1986 com a aprovação da primeira Lei de Incentivo Fiscal à Cultura. A partir desse momento, novas leis dessanatureza foram aparecendo e se modificando e logo as empresas enxergaram oportunidades mais visíveis de se investir na cultura. Em São José dos Campos, a Lei de Incentivo Fiscal (LIF) foi criada em 1999 e tem como principal objetivo viabilizar empreendimentos da área cultural por meio do comprometimento da prefeitura municipal, Fundação Cultural Cassiano Ricardo e de empresas incentivadoras que optem por investir suas contribuições fiscais em projetos culturais. Ela ainda pretende estabelecer o envolvimento e investimento das empresas na área cultural, fomentar a produção cultural independente e promover o acesso da população a diversificados produtos culturais. O seguinte trabalho busca estabelecer, por meio de conceitos de marketing culturale das leis de incentivo fiscais de promoção da cultura, como a divulgação dos programas culturais do município de São José dos Campos ajuda na imagem favorável das empresas que participam do programa. A intenção é que este estudo seja estabelecido por meio de detalhamentos da Lei de Incentivo Fiscal, utilizando pesquisa bibliográfica atualizada e Estudo de Caso sobre o projeto “Circulação do Grupo Caixa de Histórias” com o patrocínio da empresa Vale Sul Shopping, de São José dos Campos e aprovado pela LIF joseense.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários