Avaliação de produto e melhorias técnicas na percepção dos consumidores por meio de grupos focais

Fabiano Vieira Vilhena, Flávia Maud Levy Abrahão, Alessandra de Vito Inhesta

Resumo


Ações de educação em saúde são fundamentais como direito de cidadania e melhoria na qualidade de vida, pois se valoriza a diversidade, a heterogeneidade e a intercomunicação a partir de iniciativas entre o saber científico e o saber popular.  O objetivo deste estudo foi verificar a percepção de professores e gestores de escolas na realização de ações educativas preventivas, almejando a melhoria na condição bucal de crianças escolares. Para isso, o método utilizado foi de pesquisa qualitativa por meio de grupos focais e com roteiro de entrevista do tipo semiestruturado com perguntas abertas, participaram 10 pessoas em Bauru-SP e 9 pessoas em Londrina-PR. Como resultados, ressaltam-se a relevância da percepção dos envolvidos, trazendo subsídios para o aperfeiçoamento de programas educativos e preventivos em saúde bucal, além de observações relevantes como a falta de referência da família e a baixa participação dos pais no processo de formação, no qual os educadores acabam por atuar mais efetivamente.


Texto completo:

PDF