MEMES COMO ATIVIDADES PEDAGÓGICAS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL: PROPOSIÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES DE LEITURA

Aníger Rocha da SILVEIRA, Adelino Pereira dos SANTOS

Resumo


Em nossa região, tomando por base as situações observadas como professora da rede pública e os relatos compartilhados por vários colegas, a atividade de leitura, apesar de estar presente na sala de aula, não é sistematicamente ensinada, sendo, muitas vezes,  realizada apenas como mera decodificação do texto, e não como uma atividade cognitiva que demanda ensino sistematizado. Assim, as práticas pedagógicas em relação à leitura não diferem, de um modo geral, de uma escola para outra. A  leitura de textos, sobretudo os de gêneros  multimodais,  é uma atividade complexa, que deve ser objeto de ensino, pois a maioria dos estudantes do ensino fundamental, conforme atestam os resultados de testes e exames oficiais, não conseguem compreender o sentido do que leem. É urgente que a escola forme leitores competentes, que tenham suas habilidades complexas de leitura desenvolvidas.  Este trabalho teve origem na dissertação de Mestrado Profissional em Letras de um de seus autores, defendida em 2019, cuja pesquisa e proposta de intervenção pedagógica partiram do seguinte questionamento: de que modo o gênero multimodal meme pode contribuir para o ensino de leitura na escola? Este artigo, especificamente, apresenta-se como uma recensão bibliográfica e é também propositivo, que  tem como objetivo apresentar reflexões sobre  o uso de memes para o desenvolvimento de habilidades complexas de leitura por alunos da educação básica.


Palavras-chave


Gêneros multimodais. Memes. Ensino de leitura.

Texto completo:

PDF