DE ESTUDANTE DE LETRAS A DOCENTE: CAMINHOS DA CONSTITUIÇÃO DA IDENTIDADE PROFISSIONAL

Vera Lúcia Batalha de Siqueira RENDA, Maria do Carmo Souza ALMEIDA, Eveline Mattos Tápias OLIVEIRA

Resumo


Este trabalho tem por objetivos apresentar uma proposta trabalho da Disciplina Didática Específica de um curso de Letras e discutir os resultados de obtidos nessa atividade no que se refere à formação do professor ainda na faculdade. Pretendeu-se atuar na construção da identidade profissional de vinte e dois licenciandos, relacionando suas experiências como alunos da Educação Básica à discussão teoria-prática na formação profissional de professores de línguas. Os textos da fundamentação teórica são de base multidisciplinar. Os alunos foram convidados a ler uma obra dirigida a jovens professores, cujo autor é experiente docente do ensino superior, com capítulos sobre relações e implicações do fazer docente. Esperava-se que eles pudessem predispor-se a estudar a referida disciplina, focalizando a futura atuação docente. Em seguida, foram convidados a produzir um Memorial relembrando seu percurso de aluno na Educação Básica, a escolha por Letras e as percepções sobre a forma de vivenciar a formação profissional e a docência futura. Os resultados da análise dos Memoriais indicam interpretações e comentários iniciais do ponto de vista de aluno, com dinâmica e crescente elaboração para foco no professor. Pode-se concluir que as identidades profissionais docentes revelam florescimento de um enfoque didático-pedagógico, portanto, de uma postura profissional. Trata-se de um contínuo processo de constituição identitária que poderá ter implicações diretas – e positivas – na futura prática pedagógica dos licenciandos.


Palavras-chave


Curso de Letras, Formação de professores, Didática específica, Construção identitária profissional.

Texto completo:

PDF